Arquivo da categoria: 'Livros'
24mar
Arquivado em: Livros
Gritos de alegria porque achei que tinha perdido esta resenha (que deveria ter sido postada no ano passado, mas...).   Este livro foi o sinal do quanto me tornei meio relaxada com a leitura em 2015. Sério, levei dois meses para terminá-lo. Nem foi pelo fato dele não ser interessante – ele é muito –, mas, às vezes, não sinto vontade de ler. Daí, enrolo, enrolo, enrolo porque n...
Stefs
Jornalista, fundadora do Contra as Feras e ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
24mar
Arquivado em: Livros
Bem, sobre o Kansas não tenho muita certeza – disse Oz –, pois não faço a menor ideia pra que lado fica... - L. Frank Baum “O Mágico de Oz”   Então entramos no quarto capítulo desta história que se passa quase inteiramente no passado, quando Roland tinha apenas 14 anos. Mas, antes do flashback começar, a primeira parte do livro traz o ka-tet do jeito que nós o deixa...
Avatar
11nov
Arquivado em: Livros
Um monte de imagens quebradas, onde bate o sol, E a árvore morta não oferece abrigo, nem o grilo, alívio, Nem a pedra seca, barulho de água. Só há sombra sob esta rocha vermelha (Vem para a sombra desta rocha vermelha), E eu te mostrarei uma coisa diferente de Tua sombra que pela manhã anda atrás de ti Ou de tua sombra que à tarde se ergue para receber-te; Eu te mostrarei o medo ...
Avatar
19out
Arquivado em: Livros
Dando sequência à jornada do Roland em busca da Torre, A Escolha Dos Três (The Drawing of the Three) foi publicado em 1987 e chegou ao Brasil em 2004. Indo contra o que eu disse na última resenha, este volume não traz uma citação na abertura; começamos direto com o pistoleiro acordando na praia, meio grogue, enfrentando lagostas do tamanho de cachorros.   Nada daquilo era real, n...
Avatar
24set
Arquivado em: Livros
Tentei evitar este momento o máximo que pude, mas não consigo mais suportar o livro separado na minha pilha de coisas a fazer, julgando minha natureza procrastinadora cada vez que eu passo por ele. A verdade é que eu sabia que escrever sobre a Torre do jeito que eu quero seria um trabalho imenso, que exigiria de mim toda a atenção e cuidado do mundo. Por isso, dizia para mim mesma que estava ...
Avatar




Siga @HeyrandonGirl no Instagram e não perca as novidades