Arquivo da categoria: 'Não-Ficção' Arquivo da tag 'Não-Ficção'
27ago
Arquivado em: Livros
Então que eu resolvi entrar em uma meta que nem deveria ser meta: publicar todas as resenhas dos livros que li e curti até então (e nem são muitos). Claramente, me tornei a pessoa mais desnaturada no que condiz a este site e tentarei me redimir.   Até porque eu morro de saudade de falar sobre livros.   Hoje, trago um livro que me deixou perdidinha na hora de escrever est...
Stefs
Jornalista, fundadora do Contra as Feras e ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
05dez
Arquivado em: Livros
Scrappy Little Nobody entrou na minha lista de releituras para o futuro. Ele deixou um buraco maior em comparação ao criado após a leitura da autobiografia da Sara Bareilles, verdade seja dita. Reação que me deixou surpreendida mais uma vez porque, como já contei aqui, esse gênero não é meu forte. Sempre tenho o que resmungar. Porém, aplicar a regrinha do relacionamento com quem escreve ...
Stefs
Jornalista, fundadora do Contra as Feras e ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
10out
Arquivado em: Livros
Ah, mas olhem quem andou lendo biografias. Ela mesma, Stefs Lima. Sempre tenho receio de ler livros desse gênero porque, geralmente, não me agregam. Porém, todavia, entretanto, o que trago hoje agregou demais. Juro que assim que terminei de lê-lo queria ler de novo. As ironias da vida que podem ser quebradas quando títulos desse tipo envolvem uma celebridade muito querida.   Mas, a...
Stefs
Jornalista, fundadora do Contra as Feras e ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
26ago
Arquivado em: Livros
Eu tenho 26 anos e já me peguei inúmeras vezes pensando em como seria minha vida assim que chegasse aos 30. Muitos planos emergem na mente, mas todos parecem meio distantes de serem alcançados. Um deles, por exemplo, é escrever um livro. Tenho algumas “tramas” de minha autoria engavetadas, mas não tenho coragem de finalizá-las. Por que não deixar para depois dos 30? Tenho também o dese...
Stefs
Jornalista, fundadora do Contra as Feras e ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.




Siga @HeyrandonGirl no Instagram e não perca as novidades