Arquivo da categoria: '' Arquivo por Autor
11set
Arquivado em: Fique Bem
Era 2018 quando eu li Alucinadamente Feliz – Um Livro Engraçado sobre Coisas Horríveis. Um título meio contraditório que, de acordo com minha analista, combina com meu humor sarcástico (e isso foi um elogio). E o humor de Jenny Lawson, a autora, traz várias nuances de sarcasmo em meio à sua narrativa sobre transtornos mentais (o assunto que me fez investir na leitura) e doença crônica....
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
10set
Arquivado em: Notas de Campo
Ela respirou fundo. Sugando o ar pela boca. Prendeu-o. Contou até 7.   Liberou-o. Sentiu seu coração pulsar gradativamente. Sua mente se desanuviar. Seu corpo reagir.   Não tinha afogado, mas era como se tivesse — de novo.   Foram muitos meses perdida no meio do tornado virulento.   Até encontrar uma brecha para emergir — de novo.   Q...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
02set
Arquivado em: Notas de Campo
Mas quem é vivo sempre aparece não é mesmo!? Prazer, me chamo Stefs e estou aqui para reiniciar o tempo do Hey, Random Girl! antes que ocorra outro colapso entre tempo e espaço.   Antes de contar o que tenho para contar, vocês estão bem? Espero que sim! Tenho que dizer que é engraçado publicar este texto em um dia que não é comemorativo (como meu aniversário). Algo que aconte...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
04ago
Arquivado em: Prismas
Nota: esta entrevista foi publicada originalmente no Hey, Random Girl! e depois foi transferida para o meu antigo site Bela e as Feras (que depois virou Contra as Feras). Muita energia geminiana, mas, o que importa, é que a introdução do texto contou com edições para não ficar tão fora do seu tempo original de publicação.     Entretempo: 25 de maio de 2015.   ...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
24jul
Arquivado em: Escrita
Eu afirmei: não quero mais saber de escrever.   E eu afirmei isso como se falasse sério e é perigoso quando eu falo sério.   Justamente porque eu recolho tudo da minha frente e tranco no limbo mental.   Ou dentro da gaveta mais próxima.   Bom, era mais um dia daqueles. Parecia definitivo. Minha história não estava dando certo, então, eu me conv...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.