News


13maio
Arquivado em: Notas de Campo
Espantei-me ao lembrar que este texto existe. Não queria publicá-lo por estar meio fora do “prazo da validade”. Afinal, eu atravessei esse maremoto emocional e ficou só o emocional. Ao arriscar relê-lo, não esperava um senso da minha parte, mas sim um Frankenstein. Eu o escrevi no auge da angústia que começou em janeiro deste ano.   Normalmente, eu sei que o dia não será le...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.


24abr
Arquivado em: Música
Era 22 de agosto de 2018 quando isso aconteceu.     E, a partir desse ponto, tudo que envolve Taylor Swift na minha vida tem sincronia. Ou timing, como preferirem. Há sempre um ponto de retorno, independentemente da fase que me encontro. Como a de rejeição que, desta vez, não envolve a história de Taylor Swift.   Toda vez que retorno a esse mencionado dia, eu...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.


23mar
Arquivado em: Notas de Campo
I. hoje   Tanto tempo que não passo por aqui e nem sei por onde começar. A não ser largar uma pergunta que me persegue desde 2019: o que vem depois?. Uma pergunta reencontrada entre cadernos de ideias e notas esparsas no ano passado (e isso influenciou bastante na escrita do meu conto que está disponível bem ali, na sidebar) e que ainda não tenho uma resposta apropriada. Principalm...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.


30set
Arquivado em: Séries
A introdução deste episódio de Love Life flertou com o tema casualidade. Que também pode ser chamado de booty call. Depende do ponto de vista de quem pratica, claro, mas tudo se resume ao famoso sexo sem compromissos. Uma experiência que, pelo que rolou anteriormente, parecia até um pouco impossível de acontecer na vida de Darby. Ao menos, até o ponto em que fomos apresentados à sua vida ...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.


23set
Arquivado em: Música
A prova de um amor intenso está no trincado. Tanto na capa quanto no círculo do CD onde o aparelho de som deve sustentá-lo a fim de rodá-lo sem engasgar. O mesmo para o encarte amassado e as lombadas amareladas. DNA que reflete em repetições. Tão quanto o tempo. Características únicas de ... Baby One More Time, primeiro álbum de Britney Spears que entrou e saiu do meu player para acalent...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.