Arquivo da categoria: 'Música'
24abr
Arquivado em: Música
Era 22 de agosto de 2018 quando isso aconteceu.     E, a partir desse ponto, tudo que envolve Taylor Swift na minha vida tem sincronia. Ou timing, como preferirem. Há sempre um ponto de retorno, independentemente da fase que me encontro. Como a de rejeição que, desta vez, não envolve a história de Taylor Swift.   Toda vez que retorno a esse mencionado dia, eu...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
23set
Arquivado em: Música
A prova de um amor intenso está no trincado. Tanto na capa quanto no círculo do CD onde o aparelho de som deve sustentá-lo a fim de rodá-lo sem engasgar. O mesmo para o encarte amassado e as lombadas amareladas. DNA que reflete em repetições. Tão quanto o tempo. Características únicas de ... Baby One More Time, primeiro álbum de Britney Spears que entrou e saiu do meu player para acalent...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
20ago
Arquivado em: Música
Contei na primeira parte desta minha história com Taylor Swift que o Spotify alegou 83 horas de escuta em 2018. Muito pouco diante de uma swiftie, por exemplo, que a acompanha fielmente desde o 1989 ou desde o começo da carreira. Mas é com tal resultado que retornarei a outra parte do passado para dar contexto a este post. Mais precisamente a 20 de agosto de 2018. Dia, mês e ano em que ela can...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
04jun
Arquivado em: Música
Toda história de admiração tem um começo e esta é a minha história com Taylor Swift.   Uma história que só aparenta que nasceu em 1989, mas estava nas entrelinhas desde Red.   E, obviamente, fiquei chocada quando reuni os dados para escrever este texto.   Podemos dizer que esta é uma história que acabou suprimida graças ao famoso ranço. Até 2018 chega...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
09maio
Arquivado em: Música
Este é um texto que publiquei originalmente na Metiza, revista gringa que tem parceria com o I AM THAT GIRL. Era 2017 e eu estava muito na vibe de Florence + The Machine, cujas músicas me ajudaram a atravessar o entretempo de 2016/2017. E achei justo trazer a tradução!   Especialmente para lembrar de um ínterim de tempo do qual ficou para trás (menos o amor pela Florence, claro). ...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.