Arquivo da categoria: 'Notas de Campo'
07out
Arquivado em: Notas de Campo
Em julho, eu completei 1 ano de análise (aka terapia). Foi uma das melhores decisões da minha vida, principalmente quando eu vejo, mês a mês, a costura da minha concha de retalhos mental e o constante entrecruzamento das memórias. Memórias essas repletas de ausências no que condiz a armazenar de modo permanente instantes mais alegres. Aqui, parecia que só o cinza prevaleceria.   ...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
18set
Arquivado em: Notas de Campo
No dia 30 de setembro de 2018, eu fui assistir ao primeiro musical da minha vida. Não qualquer musical, mas o intitulado de Os Últimos 5 Anos (The Last Five Years). É capaz que quem me acompanha reconheça esse nome, pois, durante meses, eu não falava em outra coisa a não ser sobre a história de Cathy e de Jamie. Uma trajetória que começou em 2016, mas na companhia de Anna Kendrick e Jerem...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
13set
Arquivado em: Notas de Campo
Quando você se sentir sobrecarregado coloque sua música favorita. Feche os olhos. Respire fundo. Não permita que sua mente navegue pelo redemoinho tenebroso que intenta sugar sua vida. Foque na pressão dos seus pulmões e nas batidas do seu coração. Apure os sentidos.   Sim, você está vivo.   Você pode não acreditar no que direi agora, mas sua existência é importa...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
09set
Arquivado em: Notas de Campo
I.   Houve um entretempo, de vários entretempos, em que ouvi que o passado deveria ser esquecido para assim viver o presente em sua completude. Uma completude que cabe um futuro. E eu acreditei.   Eu acreditei que esquecer do passado seria essencial para seguir em frente. Para eu ter o melhor da minha vida e assim alcançar um futuro que se adequasse a quem me tornei sem o que...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
22ago
Arquivado em: Notas de Campo
Eu sempre fico meio chocada com a minha mente que vira e mexe se esquece das coisas. Não é um dito problema de memória (ao menos não que eu saiba), mas a razão é que eu sou uma humana que não para de pensar um só segundo. Por pensar demais, coisas se empilham, competem uma com a outra, e não há foco que resista por tanto tempo diante desse turbilhão mental.   Uma das coisas q...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.