Arquivo da categoria: 'Notas de Campo'
14maio
Arquivado em: Notas de Campo
O tema de hoje é: o livramento da Stefs diante do FOMO de séries, livros e etc.. E eu usarei FOMO pela ausência de uma palavra melhor que expresse a verdade de que não dá mais para ser acumuladora aos 33 anos.   Não que idade seja um dilema, mas eu gosto de ter tempo de ir comer lanches sem me preocupar com a resenha do dia. Entendem? Não? Tudo bem. Eu explico.   Ser a...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
13maio
Arquivado em: Notas de Campo
E um escadão pra que a gente se conheça e nos estimule para cima.     Em um belo fim de expediente, lá estava eu encarando a vista do mais temido e mais comentado objeto de desprezo de todos que trabalham comigo e que precisam enfrentar o mesmo empecilho todos os dias: o escadão da Vila Madalena. A primeira coisa que pensei, quando o encarei, bem como os seus arredores, co...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
23ago
Arquivado em: Notas de Campo
Esta não é uma cartinha do mês. Na real, é um desabafo tremendo. Não digam que não avisei!   Durante vários meses, eu tentei cumprir um especial sobre o livro da Anna Kendrick. A ideia era refletir sobre meus quotes favoritos, mas não conseguirei fazer isso na prática. Porém, eu precisava liberar este texto que estava pronto e que calha bastante no momento do qual vivo ultimam...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
24jan
Arquivado em: Notas de Campo
Em uma linda manhã, a primeira coisa que pensei foi em gratidão. Vi-me inundada por esse sentimento, como se tivesse dormido com um sorriso na cara depois de perceber que nadava em uma piscina de chocolate. Essa é uma palavra que tem perpetuado meus amanheceres ultimamente e que tem mobilizado sensações um tanto quanto indescritíveis em meu ser. Por pensar muito nela, este texto nada mais ...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
16jan
Arquivado em: Notas de Campo
Hoje trago para vocês o retorno da minha coluninha mais pessoal e que batizei de Pessoalidades. O clima do Random Girl é de sair da órbita e tracejar caminho rumo à evolução. Uma ideia que tem rendido várias experiências, como vocês podem ler abaixo sobre meu início de amadurecimento emocional. É, algumas coisas ocorrem tarde, mas melhor que nunca.   É realmente bizarro quan...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.