Arquivo da categoria: 'Outras narrativas'
09jul
Arquivado em: Fique bem
CONTEÚDO SENSÍVEL: CITAÇÃO DE VIVÊNCIA COM TRANSTORNO ALIMENTAR E escolhi relatar algumas partes específicas, pois há diferentes tipos de sintomas.   Se isto fosse um grupo de apoio, eu já diria que sim, eu tenho traumas. Um emaranhado complexo que ganhou mais um emaranhado em 2020. Desde então, não tenho certeza do que faço. Porém, tenho que fazer. E por essas e outras razõ...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
06jul
Arquivado em: Fique bem
Da série: preservando a inocência.   Creio que este texto foi escrito em 2018 e posso estar enganada. A publicação aconteceu no falecido site Contra as Feras e decidi republicá-lo. Há certas notas sobre si que precisam ser mantidas para sempre! ❤     Eu tenho a singela sensação de que, neste momento, nossos pensamentos se entremeiam no mesmo ritmo a...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
11set
Arquivado em: Fique bem
Era 2018 quando eu li Alucinadamente Feliz – Um Livro Engraçado sobre Coisas Horríveis. Um título meio contraditório que, de acordo com minha analista, combina com meu humor sarcástico (e isso foi um elogio). E o humor de Jenny Lawson, a autora, traz várias nuances de sarcasmo em meio à sua narrativa sobre transtornos mentais (o assunto que me fez investir na leitura) e doença crônica....
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
04ago
Arquivado em: Insights
Nota: esta entrevista foi publicada originalmente no Hey, Random Girl! e depois foi transferida para o meu antigo site Bela e as Feras (que depois virou Contra as Feras). Muita energia geminiana, mas, o que importa, é que a introdução do texto contou com edições para não ficar tão fora do seu tempo original de publicação.     Entretempo: 25 de maio de 2015.   ...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
22jun
Arquivado em: Insights
Nota: esta entrevista foi publicada no meu antigo site Bela e as Feras (que depois virou Contra as Feras). A introdução do texto contou com edições para não ficar tão fora do seu tempo original de publicação.     Entretempo: 11 de maio de 2017.   O post de hoje é daquela série mais conhecida de: grandes surpresas da vida. Tudo começou com uma mensagem via inb...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.