Arquivo da categoria: 'entretempo: 2021' Arquivo da tag 'entretempo: 2021'
30ago
Arquivado em: Notas de Campo
Outro março com cara de mesmo março.   Dei-me conta de que era março quando arrancava a folha do calendário de fevereiro — que minha irmã amigavelmente cobriu a pintura por ser de um palhaço que esperou o Carnaval à toa. Em algum momento, surgiu o comentário de que completaria 1 ano… E minha preocupação navegou rapidamente sobre como seria aquele outro março. O que outro ...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
13maio
Arquivado em: Notas de Campo
Espantei-me ao lembrar que este texto existe. Não queria publicá-lo por estar meio fora do “prazo da validade”. Afinal, eu atravessei esse maremoto emocional e ficou só o emocional. Ao arriscar relê-lo, não esperava um senso da minha parte, mas sim um Frankenstein. Eu o escrevi no auge da angústia que começou em janeiro deste ano.   Normalmente, eu sei que o dia não será le...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
24abr
Arquivado em: Música
Era 22 de agosto de 2018 quando isso aconteceu.     E, a partir desse ponto, tudo que envolve Taylor Swift na minha vida tem sincronia. Ou timing, como preferirem. Há sempre um ponto de retorno, independentemente da fase que me encontro. Como a de rejeição que, desta vez, não envolve a história de Taylor Swift.   Toda vez que retorno a esse mencionado dia, eu...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
23mar
Arquivado em: Notas de Campo
I. hoje   Tanto tempo que não passo por aqui e nem sei por onde começar. A não ser largar uma pergunta que me persegue desde 2019: o que vem depois?. Uma pergunta reencontrada entre cadernos de ideias e notas esparsas no ano passado (e isso influenciou bastante na escrita do meu conto que está disponível bem ali, na sidebar) e que ainda não tenho uma resposta apropriada. Principalm...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.