Arquivo da categoria: 'Feminismo' Arquivo da tag 'Feminismo'
11maio
Arquivado em: Prismas
Comecei a falar do HeForShe há algum tempinho e acho (acho!) que me comprometerei em traduzir algumas coisas para quem estiver interessado em saber mais. Já expliquei brevemente o que significa essa iniciativa, que tem Emma Watson como uma das principais porta-vozes. Hoje, falarei da continuação dessa saga: a campanha IMPACT 10x10x10 (Impacto 10x10x10).   Durante o Fórum Econômico...
Stefs Lima
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
19mar
Arquivado em: Prismas
Homens, eu gostaria de usar essa oportunidade para apresentar o convite formal. Igualdade de gêneros é seu problema também. Até hoje, vejo o papel do meu pai como pai ser menos válido na sociedade. Vi jovens homens sofrendo de doenças, incapazes de pedirem ajuda por medo de que isso os torne menos homens – de fato, no Reino Unido, suicídio é a maior causa de morte entre homens de 20-49 a...
Stefs Lima
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
13jan
Arquivado em: Parágrafos
Há muitas coisas que me inspiram e uma delas é o movimento I AM THAT GIRL. Durante muito, muito tempo, procurei um tipo de organização da qual me identificasse ao ponto de querer representá-la. Ao ponto de querer falar sobre ela toda hora e de querer contribuir de certa forma. IATG é tudo o que preciso e precisei nos últimos tempos, especialmente no que condiz a uma tentativa linda de inspi...
Stefs Lima
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
14abr
Arquivado em: Leituras
É inegável que Audrey Hepburn é um símbolo de feminilidade, não só pela beleza, mas por sempre ter demonstrado ao longo da carreira um grande autorrespeito, sem precisar recorrer aos escândalos para se promover. Sem contar que ela ainda é uma fonte inspiradora por ter acreditado na força da família, no poder de ser mulher, na crença nos próprios sonhos e no quanto é possível mudar a ...
Stefs Lima
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.