Arquivo da categoria: 'Representatividade' Arquivo da tag 'Representatividade'
24abr
Arquivado em: Prismas
Este post teve como insight aquelas listas que dizem: “10 coisas incríveis que personagem X fez”. Na época, eu analisava a repercussão do fim de The Vampire Diaries e pensei: que maneira mais nonsense de se recordar das mulheres que passaram pela série, especialmente a protagonista. Algumas listas foram sensatas, mas, a maioria, só recordou a parte do romance.   Deixando bem c...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
18abr
Arquivado em: Prismas
Hoje, trago novamente uma reflexão sobre representatividade. Porém, com foco sobre o quanto precisamos ter um pensamento sobre diversidade. E nada mais justo que ter um título que mais parece uma faca de dois gumes. Afinal, falamos do ato de achar que a mulher branca representa todas as mulheres.   Caso não se lembrem, sempre que tenho chance comento sobre o quanto não basta apenas...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
27mar
Arquivado em: Filmes
Assisti Miss Representation pela primeira vez em 2015. Uma experiência que coincidiu com o início da minha saga como Chapter Leader do I Am That Girl. Praticamente dois anos depois de assisti-lo (pela terceira vez) novamente, não foi nem um pouco espantoso notar que as mesmas emoções angustiantes vieram à tona. O motivo? A sub-representação da mulher na mídia.   Graças a este ...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
08mar
Arquivado em: Prismas
Este é aquele texto que me vi extremamente na dúvida se deveria centralizar em histórias ou em representatividade. Considerando que ainda não me acho detentora de tanta informação sobre o segundo item, dei uma revertida na bússola e mudei o questionamento: por que representatividade não é só ter a mulher em destaque? Uma indagação que me toquei que estava presente em mim praticamente o...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.
15jul
Arquivado em: Prismas
Eu estava com vontade de publicar este texto desde o início da fall season do ano passado, mas a quantidade de séries que peguei para resenhar tornou a tarefa impossível. Por um lado, isso foi até bom porque só nesse ciclo senti um pouco de firmeza sobre algumas abordagens que falarei com mais de frequência aqui no Random Girl. No caso, personagens femininas em âmbito – quase – geral. D...
Escritora dividida entre o tempo e o espaço. Colecionadora de achados e perdidos. Ex-líder de um Capítulo Local do movimento internacional chamado I AM THAT GIRL. Não poupa no textão e nem nas doses diárias de café. Além disso, acredita piamente que você pode ser sua própria heroína.